Executado nos EUA pede carne e fritas em última refeição antes de sufocamento por nitrogênio

Um homem de 58 anos foi executado no Alabama, nos Estados Unidos, após ser condenado por assassinato. Antes da pena de morte, que foi realizada por sufocamento por nitrogênio, ele fez um discurso sobre a perda da humanidade e pediu uma refeição simples. Kenneth Eugene Smith foi condenado por matar Elizabeth Sennett em 1988, crime encomendado pelo então marido da vítima.Condenado à morte, Smith escolheu sua última refeição, que foi composta por carne, batatas fritas e ovos. Antes de morrer, suas últimas palavras foram: "Esta noite o Alabama fez a humanidade andar um passo para trás. Vou embora com amor, paz e luz. Amo todos vocês". A execução ocorreu com a colocação de uma máscara no rosto de Smith, permitindo que ele inalasse gás nitrogênio puro, resultando em morte por falta de oxigênio.

Executado nos EUA pede carne e fritas em última refeição antes de sufocamento por nitrogênio

Um homem de 58 anos foi executado no Alabama, nos Estados Unidos, após ser condenado por assassinato. Antes da pena de morte, que foi realizada por sufocamento por nitrogênio, ele fez um discurso sobre a perda da humanidade e pediu uma refeição simples. Kenneth Eugene Smith foi condenado por matar Elizabeth Sennett em 1988, crime encomendado pelo então marido da vítima.

Condenado à morte, Smith escolheu sua última refeição, que foi composta por carne, batatas fritas e ovos. Antes de morrer, suas últimas palavras foram: "Esta noite o Alabama fez a humanidade andar um passo para trás. Vou embora com amor, paz e luz. Amo todos vocês". A execução ocorreu com a colocação de uma máscara no rosto de Smith, permitindo que ele inalasse gás nitrogênio puro, resultando em morte por falta de oxigênio.